Os Sentidos nos Tecidos 

 

Nosso corpo muitas vezes, armazena emoções (e com elas pensamentos, memórias e crenças) que não foram sentidas  quando foram geradas. Pode ser há meses, anos ou décadas. Isso não importa. Normalmente, não estamos conscientes das emoções presas, porque se estivéssemos, nós já as teríamos liberado.

 

Existem várias formas de entrada para integrar mente e corpo e essa é uma das coisas nas quais eu ajudo as pessoas.

 

Algumas maneiras são mais suaves do que outras. Nós podemos fazer através do nosso processo de pensamento, podemos fazer através de nossas emoções, e podemos entrar através do corpo físico. Muitas vezes é a dor que vai fazer as pessoas procurarem algo para ajudá-las.

Eu escolho na maioria das vezes, entrar pelo corpo físico porque o corpo não mente, e também por ser a forma mais fácil de entrar. O corpo está aí com você bem concretamente. 
 

 

Por que entrar pelo Corpo Físico?

a) nossa mente é tão complicada que às vezes criamos centenas de justificativas / explicações / razões para nos enganar a nós mesmos. Na maioria das vezes, todo o bloqueio está inconsciente. E, da mente consciente para a mente inconsciente, pode demorar muito tempo, ou nunca vir a acontecer, embora seus efeitos perniciosos estejam presentes o tempo todo. Criamos a partir da mente total (consciente e inconsciente). 

 

b) Entrar através de uma emoção não é fácil, pois foi exatamente isso que fez a gente prender sentimentos no corpo. O que a maioria das pessoas não sabe é que há uma consciência interna, escondida, junto da emoção presa. 

 

c) O corpo nunca mente. Especialmente com a aula que ensino,  a pessoa tem uma pista por onde entrar. Qualquer área de dor, constrição, pressão, dormência, peso extra, são alguns exemplos do que pode ser uma entrada para liberar as amarras internas que criaram vias internas de condicionamentos limitantes. Existe uma técnica específica para isso. E a pessoa que não tem conhecimento não deve tentar fazer isso sozinha. 

 

Se você está fazendo algum trabalho / manipulação em seu corpo, seja GENTIL com você mesmo, adapte um bom ritmo para você. Liberar emoções é melhor do que carregá-las em seu corpo. Afinal elas também pesam em você. E com o tempo, as amarras internas das emoções reprimidas ficam mais difíceis. A fáscia vai ficando cada vez mais rígida com a idade, podendo cristalizar e paralisar movimentos físicos. Isso pode tornar ainda mais difícil ou mais doloroso liberar mais tarde. Sem contar que todos os problemas que uma pessoa está passando podem vir daí ou podem reforçar ainda mais as amarras existentes. 

 

Não evite o sentimento de emoções "negativas", porque exatamente isso que foi feito antes, e é a razão pela qual as emoções foram armazenadas no corpo em primeiro lugar. Permita-se sentir e liberar. As emoções negativas não são infinitas. Na verdade, elas são finitas e, uma vez que você as sente, elas se vão, principalmente se chegar à causa delas. Nesse ponto da causa, normalmente você vai ver que há também pensamentos e ideias teimosas presas a elas.  Elas podem ser totalmente liberadas se você soltar juntamente os tecidos do corpo. Novamente, não pense sobre as emoções - você pode fazer infinitamente se assim o escolher, mas não acredito que você queira fazer isso. Ao invés, sinta as emoções. Essa é uma abordagem bastante diferente.

SEM REPRESSÃO E SEM EXPRESSÃO... COMO ASSIM? ONDE ESTÁ A PORTA PARA 3a. OPÇÃO? 

 

Lembre-se também de não reagir com base na emoção. Apenas sinta isso. Sentir e reagir são coisas distintas. Basta notar o sentimento, sentir e permitir que ele passe por você. Muitas pessoas pensam muito em uma emoção e acreditam que estão sentindo. Você não imagina quantas vezes tenho que pedir meus clientes para parar de pensar sobre as emoções e fazer o trabalho de soltá-las. E olha que pagaram caro pela sessão. Acredito que estejam realmente querendo soltar, mas não percebem que essa é uma das armadilhas da mente. Por esta razão que na maioria das vezes, precisamos da ajuda de uma terapeuta holístico para acelerar o processo. 

 

Sentir, não reagir e permitir que o passe por você. É fácil? NÃO! É por isso que muitas vezes nós o evitamos. Criamos todos os tipos de resistência PARA NÃO SENTIR as emoções negativas. E isso é compreensível. Na maioria das vezes, essas emoções negativas que armazenamos no corpo são emoções da nossa infância.

 

Quando criança, não sabíamos como reagir. Como sentir. Como pensar. Nao tínhamos a capacidade cognitiva de entender o que estava acontecendo ao nosso redor. Isso mesmo em um lar harmonioso e tranquilo. Imagine em lares problemáticos.  Na verdade, muitas vezes, quando criança, ficávamos confusos e não tínhamos ferramentas para lidar com o que estava acontecendo nem internamente, nem externamente. No entanto, como um adulto agora, você tem essa capacidade, e isso, representa LIBERDADE para você. 

 

Você se sentirá muito mais forte e poderoso depois de liberar algumas das amarras internas que te aprisionam. Terá mais paz interna ao mesmo tempo que vai sentir tua própria força. É como se pela primeira na vida, vai saber organicamente que você é mais do que as suas emoções. De fato, você saberá que você é mais do que seus pensamentos também. Você estará nesse processo liberando várias crenças limitantes que podem estar criando uma vida menor do que o que você efetivamente deseja.

 

A verdade é que somos um Eu - com corpo físico, emoções e consciência (pensamentos). Não há realmente uma separação. É só na nossa maneira de ver que criamos essa separação.

 

Lembre-se: seja gentil com você mesmo, aprenda a estar presente no corpo, trabalhe no seu próprio ritmo, beba bastante líquido, às vezes dê uma boa risada,  e se souber fazer isso: permita que as emoções passem por você. Você é mais do que as emoções e os pensamentos. Você é um só Ser. 

 

Saiba mais sobre como eliminar a dor física ou emocional através da aula digital. Clique no botão abaixo para mais informações.   Caso esteja interessado em sessão particular ou aulas em grupo entre em contato comigo.